Arquivo da tag: Operação CD

5 maneiras de usar Packaging Inserts (itens em embalagens) para aumentar a fidelidade e a receita do cliente

Um packing insert é um item adicional que os varejistas de comércio eletrônico podem colocar em remessas antes de enviá-las aos clientes. Packaging Inserts (também chamados de packing inserts) geralmente são inesperadas e podem gerar boa vontade com novos clientes.

Os clientes não precisam pagar nada extra por um packaging insert. Em vez disso, um packaging insert é algo que uma marca usará para difundir a conscientização sobre campanhas e promoções e fornecer valor agregado. Em geral, os folhetos informativos são um gesto econômico e versátil para construir um relacionamento com seus clientes.

Indíce

Por que as inserções de embalagem são tão importantes?
5 tipos de inserções de embalagens a considerar
Prepare suas inserções de embalagem para fidelidade do cliente

Por que as inserções de embalagem são tão úteis?

Cada remessa vai ficar aquém, atender ou exceder as expectativas do seu cliente. Há muitas maneiras, algumas até fora do seu controle, de cair abaixo das expectativas. Se tudo correr bem e as transportadoras não estiverem atrasadas, você pode atender às expectativas de seus clientes.

São as pequenas coisas extras, como usar os packaging inserts corretos, que o ajudarão a se destacar e exceder as expectativas. Vamos dar uma olhada em algumas das principais razões pelas quais as inserções de embalagem são tão importantes:

  • Packaging inserts podem ser de baixo custo: você não precisa investir muito para trazer esses itens para o mix. Cada um dos exemplos abaixo é de baixo custo, mas pode gerar alto retorno.
  • Esse itens podem ser altamente segmentados: o destinatário já é um cliente e você sabe o que ele comprou. Você pode personalizar seu folheto informativo para a pessoa exata que o recebe.
  • O custo de entrega da mensagem já foi pago: o pacote já está sendo enviado, portanto, é melhor aproveitá-lo ao máximo.
  • Os folhetos informativos são perfeitos para vendas cruzadas: como você sabe exatamente do que seu cliente já gosta, você pode adicionar oportunidades de venda cruzada altamente segmentadas.
  • Os folhetos informativos são uma ótima maneira de liquidar mercadorias: mercadorias difíceis de transportar podem ser convertidas em despesas de marketing e reforçar seu relacionamento com os clientes atuais.
  • As inserções certas aumentam a fidelidade: os clientes têm maior probabilidade de retornar a uma marca que os valoriza e os insertos de embalagem podem ajudar seus clientes a se sentirem especiais.

Os folhetos informativos parecem bem simples – basta colocar um panfleto ou cupom na caixa sempre que enviar um pedido. Mas há muitas opções que você pode usar para agregar mais valor e gerar mais lealdade com seus clientes. Vamos dar uma olhada em alguns dos tipos mais populares de opções de inserção de embalagens.

5 tipos de inserções de embalagens a considerar

Ofertas de Desconto

Um dos tipos mais populares e diretos de embalagem é uma oferta de desconto. Embora você possa entregá-los por e-mail, incluí-los diretamente na caixa garante que seus clientes receberão a oferta em suas mãos, em vez de em sua pasta de spam. Além disso, deixa-os com um lembrete tangível.

Como exemplo, a Shea Brand , uma marca de beleza on-line, faz uso de vários tipos de insertos de embalagem para estimular a fidelidade do cliente. Os clientes recebem algumas inserções de embalagem, incluindo um código de cupom para um desconto de 20% na próxima compra.

Uma das maneiras mais econômicas de criar descontos ou ofertas de ofertas a serem incluídas na sua embalagem é imprimi-las no tamanho do cartão de visita (os cartões de visita são uma mercadoria a essa altura, são extremamente baratos).

Você pode usar um serviço como o OvernightPrints ou o MOO da marca premium e fazer upload de suas imagens para impressão. Você pode querer considerar a inclusão de dois cartões de desconto em cada compra, um para o comprador e outro para o comprador dar a um amigo. Você também pode testar diferentes tipos de ofertas para ver qual delas seu público responde melhor.

Por exemplo:

  • Frete grátis em sua próxima encomenda
  • Crédito de R$ 10 para o seu próximo pedido
  • 25% de desconto na sua próxima encomenda
  • Brinde com sua próxima encomenda
  • Upgrade gratuito em sua próxima encomenda

Amostra de Produtos

As amostras podem agregar valor aos seus pacotes por alguns motivos. Primeiro, dependendo dos produtos que você vende, às vezes você pode obter amostras gratuitamente de seus fornecedores. Em segundo lugar, as amostras de produtos oferecem uma ótima maneira de fazer vendas cruzadas de clientes e de apresentá-los a outros produtos e linhas de produtos que eles podem não conhecer ou que estão curiosos em tentar.

A BrainZyme, uma loja britânica que vende suplementos nutricionais, tem uma gama de três produtos. Eles incluem amostras grátis para que os clientes também possam experimentar os outros produtos. Também é levado ao boca-a-boca pela empresa, pois eles observaram que muitos clientes compartilham as amostras com seus amigos e familiares.

Pequenos Presentes

Assim como as amostras, os pequenos presentes podem ser uma ótima maneira de surpreender e encantar os clientes sem que eles se sintam como se você estivesse tentando vender outros produtos. O presente que você dá não precisa ser caro. Uma vez que é inesperado, a maioria ficará agradavelmente surpreendida por quaisquer presentes adicionais.

Grilla Grills , que vende defumadores e churrasqueiras, sabe exatamente o quanto esses itens adicionais podem afetar a experiência do cliente. Eles incluem um par de brindes em seus pacotes para agregar valor e deixar os clientes com um sorriso. Eles também usam uma nota de agradecimento manuscrita.

A Galen Leather vende artigos de couro artesanais feitos na Turquia. Como surpresa para seus clientes, a marca compartilha brindes da Turquia para complementar a experiência da marca e dar um aceno às origens dos produtos.

https://www.instagram.com/debbieclark5/?utm_source=ig_embed

Esses pequenos presentes, muitas vezes baratos, fazem as pessoas se sentirem especiais, e isso faz com que a lei da reciprocidade funcione para você. É um poderoso gatilho psicológico que deixa as pessoas querendo retribuir o favor e pode ajudar a encorajar a repetição dos negócios, deixando todos com ótimo sentimento sobre a transação.Cartões de agradecimento e notas pessoais

Cartões de agradecimento e notas pessoais

A inserção mais simples, mais barata e mais personalizada que você pode adicionar aos pacotes do cliente é um cartão de agradecimento manuscrito . Um cartão simples pode ser um gesto realmente pensativo que pode ajudar a construir a lealdade.

Os cartões podem ser particularmente eficazes quando se inicia, pois é uma vantagem competitiva que as empresas de maior escala não podem mais oferecer. Use isso para sua vantagem.

Um ótimo exemplo de uma embalagem personalizada vem do TrunkClub , um serviço de moda masculina premium. O TrunkClub inclui notas manuscritas de estilistas pessoais explicando sua seleção de produtos com todos os pedidos.

Aqui estão algumas dicas rápidas para escrever notas de agradecimento aos seus clientes:

  • Se for financeiramente viável, use papel de carta de qualidade.
  • Certifique-se de usar o nome do cliente.
  • Expresse sua gratidão, indicando claramente o motivo do envio da nota.
  • Mencione detalhes sobre o que você gostou sobre sua experiência com esse cliente (uma oportunidade fantástica de ser específico e atencioso).
  • Fale de suas futuras interações com o cliente.
  • Fechar com assinatura profissional, mas quente e uma assinatura. (ou seja, Melhor, Saudações, Atenciosamente, Felicidades, etc.)

Revisão do produto ou compartilhamento em redes social

Como o pacote enviado geralmente representa o final da transação para a maioria dos clientes, os packaging inserts podem ser um ótimo ponto para solicitar uma revisão do produto ou para os clientes compartilharem sua experiência nas mídias sociais.

O Frank Body , uma esfoliação corporal à base de café, estimula a interação social em quase todos os pontos de contato. Isso inclui adicionar uma inserção que reforce sua marca e um pedido para compartilhar sua experiência nas mídias sociais.

Como resultado, Frank Body construiu uma enorme comunidade ( 684k no Instagram) de fãs promovendo seus produtos e fornecendo provas sociais para outros, aumentando a exposição da marca Frank Body.

Slyde Handboards também inclui um packaging insert para incentivar o compartilhamento de mídia social. Eles usam o item para informar os clientes de que sua oferta de desconto será enviada para o e-mail, que envolve o usuário em outra plataforma digital.

Prepare seus packaging inserts para fidelizar o cliente

No final, os packaging inserts relamente entregam mais valor mais valor, superando as expectativas e combinando a oferta certa com seu público específico.

Tal como acontece com todos os esforços de marketing direto, certifique-se de testar diferentes programas de inserção de pacotes e ofertas diferentes para construir o seu próprio programa de sucesso que aumentará a fidelidade, as vendas e o lucro da sua empresa.

Esse artigo é uma tradução e adaptação do original em inglês https://www.shopify.com/blog/ecommerce-packaging-inserts

Doca e Expedição

As entregas são agrupadas de forma a serem conferidas pelas transportadoras antes de serem colocadas dentro do transporte.

Algumas operações trabalham as entregas dentro da gaiolas, e fazem os agrupamentos por romaneio ou por notas fiscais.

Nesse momento a gaiola ou as entregas são todas colocadas dentro do transporte, e já nesse momento.

A partir disso as embalagens são expedidas pelos transportadores.

Consolidação

O processo de consolidação ocorre logo após a separação. Os pedidos de mesmo endereço são alocados em um mesmo container (as vezes gaiola), isso serve para economizar no frete enviando o máximo de produtos/pedidos para o mesmo endereço.

O grande foco nessa prática é diminuir o volume das entregas.

Devem ser consideradas todas as questões legais como tipos de produtos que podem ser embarcadas juntos.

Separação de produtos

Bom pessoal, dando continuidade ao que ocorre na operação de um eCommerce, vou falar agora do ponto de separação de produtos.

Basicamente os produtos eleitos na Geração de onda serão separados agora, cada separador/picker terá uma lista de produtos que deverá buscar no armazém. O processo é relativamente simples: ir até um endereço no armazém (geralmente o armazém é dividido em:

Divisão de um layout de armazém

  1. Andar – Há muitos armazéns com apenas um andar, então não utilizam essa característica
  2. Corredor – São as “ruas” do armazém
  3. Baia – Em uma comparação com a cidade seriam os números das residências
  4. Nível – A altura da baia
  5. Slot – Dentro no nível, isso é como uma subdivisão no nível

Estrutura do código de barras do endereço

E essa mesma estrutura é utilizada para fazer o endereço do item também é utilizada como a etiqueta para guardar os itens, conforme abaixo:

wmsbarcodesample.PNG

E mais do que isso, quando o separador vai em busca dos produtos o WMS cria uma rota para ele, para que a separação seja mais efetiva, e obviamente utiliza os dados de endereçamento dos itens.

Layout/Mapa de Armazém

Abaixo segue um exemplo de layout/mapa de armazém:

Warehousing_layout_example.jpg

Processo de separação

De forma resumida o que o separador faz aqui é:

  1. Pegar a lista de separação de produtos, bem como sua rota;
  2. Seguir o roteiro fazendo a leitura do código de barras dos itens e pegando os mesmo de cada endereço;
  3. Colocar todos esses itens em uma área de consolidação pré-faturamento.

Essa é uma visão simplificada do processo, pois, há operações nas quais os separadores colocam os itens em uma área de pré-consolidação em pontos do corredores e outros separadores levam esses itens para a área de consolidação. Há casos nos quais robôs e esteiras fazem a separação.

Abs e até a próxima!

Referências

How to layout your warehouse?

How to map and label your eCommerce warehouse

Geração de onda

Bom pessoal, agora vamos falar de um assunto que muitos passam batido, porém com algum conhecimento do assunto a vida dentro da operação no CD ficará muito melhor.

No começo de toda operação pequena, as ondas são feitas basicamente na ordem de chegada dos pedidos, ou seja, quase que FIFO, mas, conforme a operação cresce, ou em caso de operações que já nascem grandes, é muito importante ter claro a estratégia de geração de ondas para separação.

Você deve se lembrar que quando há Envio das entregas do pedido para a operação CD algumas variáveis são enviadas dentro desse pedido, e a estratégia da separação de produtos começa justamente nesse ponto.

Um dos principais critérios de separação da onda é a transportadora, pois, dessa forma você ganha eficiência para colocar a maior quantidade de pedidos separados em uma doca de um única vez e já faz o envio das entregas para os clientes.

Outro critério muito utilizado é por categoria dos produtos (eletrônicos, eletrodomésticos, instrumentos musicais), pois há forma específica de tratar algumas categoria.

Outra é fazendo a separação por PAR (Produto de Alto Risco), nesse caso todos os produtos dessa área são separados para serem faturados (smartphones, tablets, jóias etc.).

Outra modalidade que vi bastante é gerar onda por pedido mono item (quando há apenas um item na entrega) e multi item (quando há mais de um item na entrega), isso faz sentido quando você pensa na consolidação dos pedidos antes do faturamento.

O tempo limite de entrega também é muito importante para ser considerado, pois, aqui você antecipa as entregas dos clientes que podem estar próximas de sofrer algum atraso.

Agora, há casos nos quais você poder flags especiais para a onda, como por exemplo “Reclame Aqui, “Consumidor.gov”, “Prioridade” etc., de acordo com sua necessidade, mas o que eu mais vi foram essas mesmas. E sempre de acordo com  que faz sentido para a operação.

Por cubagem (dimensões e tamanho do produto), geralmente o pessoal chama de “Leve” e “Pesado”.

Ainda temos mais alguns critérios, e no final do dia acabamos mesclando esses critérios, tudo bem busca da melhor performance da operação para o melhor atendimento do cliente.

Espero que você tenha gostado. Deixe seu comentário!

Abs e até a próxima!

Envio das entregas do pedido para a operação CD

Aqui começa uma parte muito interessante da operação, diria eu que essencial, entretanto pouco conhecida.

Nesse momento o pedido é enviado para a operação no CD, isso significa, que o pedido com todas os detalhes e características relacionados à logística são enviados para o ERP e para o WMS (que, por sua vez integram com a SEFAZ e com o TMS, veremos isso em outro post logo menos).

Agora a grande questão é “o que são detalhes e características relacionados à logística”? Basicamente os dados abaixo:

  1. Tipo de entrega: agendada, expressa, econômica, normal etc;
  2. Data limite de entrega (combinada): tempo de manuseio do item dentro do CD + tempo da transportadora para entregar o produto, geralmente após o pagamento;
  3. Armazém de origem das mercadorias
  4. Flag para especialização do pedido: priorizado, black friday, reenvio etc;
  5. Transportadora: Há plataformas de loja e de backoffice/OMS que tem essa funcionalidade fazendo com que nem precise de um TMS para tal operação

Bom, agora você sabe o que significa enviar o pedido para operação CD. E tem mais, quando o pedido chega tanto no WMS ou no ERP (em alguns casos é o mesmo sistema), caso não exista a quantidade de estoque logo haverá uma crítica no sistema que nos permitirá avisar ao cliente que o pedido não pode ser concluído, e por consequência isso nos levará a falar do assunto denominado unhappy flow, mas esse ficará para outra série de artigos :).

Abs e até a próxima.